Vitória confortável frente ao Belenenses, por 34-26

O FC Porto confirmou o favoritismo e venceu o Belenenses por 34-26, no jogo disputado na tarde deste sábado, no Dragão Caixa, relativo à 23.ª e antepenúltima jornada da primeira fase do Andebol 1. Depois de uma primeira parte em que esteve longe de ser brilhante, a equipa orientada por Lars Walther mostrou a sua melhor versão na segunda e garantiu mais três pontos que a mantêm no segundo lugar da tabela, a quatro pontos do Sporting, primeiro classificado.

Ao contrário do jogo da primeira volta, que os portistas venceram por 32-29, quem esteve por cima na primeira parte foi o Belenenses, que entrou desinibido e liderou o marcador durante largos períodos perante um FC Porto que teve uma entrada algo amorfa, titubeante, e que defensivamente teve muitas dificuldades para parar o ataque do adversário. Ao intervalo, não surpreendia, portanto, que a equipa do Restelo estivesse na frente do marcador (17-16).

O intervalo não podia ter feito melhor aos Dragões. Lars Walther fez algumas mudanças na equipa e corrigiu os erros cometidos durante o primeiro tempo. Para além disso, os Dragões regressaram ao rinque com outra atitude, encetando uma fuga no marcador que o Belenenses não foi capaz de acompanhar. Num ápice, em apenas dez minutos, impuseram um parcial de 9-0, ganhando uma vantagem confortável que depois souberam gerir com mestria até a buzina soar pela última vez.

“Estou muito desapontado com a primeira parte, em que tivemos demasiado respeito pelo Belenenses. Ao intervalo fizemos alguns ajustamentos na defesa e na segunda parte viu-se bem a diferença, penso que estivemos bem melhor”, comentou Lars Walther, que agora vai preparar a equipa para a deslocação a Fafe, agendada para o próximo sábado, às 18h00. A partida tem transmissão em direto no Porto Canal

FICHA DE JOGO

FC PORTO-Belenenses, 34-26
Andebol 1, 1.ª fase, 23.ª jornada
24 de fevereiro de 2018
Dragão Caixa

Árbitros: Mário Coutinho e Ramiro Silva (Aveiro)

FC PORTO: Alfredo Quintana, Hugo Laurentino e Sérgio Morgado; Victor Iturriza, Spelic (1), Yoel Morales (4), Miguel Martins (2), Ángel Hernández (3), Rui Silva (2), Daymaro Salina (5), Jose Carrillo (4), Diogo Branquinho (2), António Areia (3), Miguel Alves (3) e Aleksander Spende (4)
Treinador: Lars Walther

Belenenses: João Moniz e Miguel Moreira (g.r.); Ricardo Ferreira, Nuno Santos (3), Valter Soares (1), Carlos Siqueira (4), Filipe Pinho (2), Ricardo Correia (1), Pierre Malfoy, Diogo Domingos, Marco Gil, Fábio Semedo (3), João Ferreira (9), Ricardo Silva, Marcos Araújo e Nelson Pina (2)
Treinador: João Florêncio

Ao intervalo: 16-17
Disciplina: cartão vermelho para Fábio Semedo (30m)

*in FCPorto

Comentários