The Black Mamba vão Dar Letra à Música em Março

DLAM The Black Mamba

The Black Mamba são os convidados a não perder, em março, na próxima sessão do Dar Letra à Música. Pedro Tatanka (voz e guitarra) e Miguel Casais (bateria) apresentam-se no palco do Museu FC Porto quando está a caminho o terceiro álbum de originais da banda, criada em 2010 e consagrada em palcos de referência nacionais e estrangeiros.

Com dentes afiados para injetar uma combinação poderosa de soul, funk e blues, o som dos The Black Mamba entrou na corrente sanguínea musical com um disco (homónimo) de estreia que esgotou nas lojas. Devorado por cá, o trabalho da banda atravessou sem dificuldade as fronteiras e o resultado foi um passaporte cheio de carimbos. Em 2013, Londres, Filadélfia, Luanda, Madrid e Sevilha foram escalas na primeira tournée internacional, concluída no mítico Rock in Rio (Brasil) e no Bourbon Street Music Club de São Paulo.

Do regresso ao estúdio nasceu Dirty Little Brother (2014) – onde emergiram, entre outras, as colaborações de Aurea e António Zambujo –, reforçando as melhores opiniões da crítica e sublinhando os The Black Mamba como uma das certezas da música portuguesa com dimensão internacional. Sem virar as costas aos palcos estrangeiros, a entrada da banda nos cartazes dos grandes festivais de verão nacionais tornou-se uma inevitabilidade tão natural como a mais recente conquista dos Coliseus – Porto (2017) e Lisboa (este ano).

O terceiro álbum está a caminho e Stronger é a faixa que já se ouve e nos diz (muito) sobre o que de bom aí vem. Enquanto o disco amadurece mais um pouco, para nos cravar na alma mais uma evolução do som e da energia poderosa dos The Black Mamba, Pedro Tatanka (que regressa ao Museu, onde já atuou em 2015) e Miguel Casais vão partilhar histórias e canções e, sem dúvida, provar o “doce veneno” das provocações e do humor da habitual dupla de apresentadores do Dar Letra à Música.

O evento, agendado para a noite de 22 de março, é uma organização do Museu FC Porto em parceria com a Associação Sótão Paralelo (“Conta-me Histórias”). Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais – balcão do Museu e portal Ticketline – e a participação está sujeita à lotação da sala. Mais informações em www.fcporto.pt/museu.

*in FCPorto

Comentários