Sub19 eliminaram o Salzburgo com vitória por 3-1 – UEFA Youth League

A equipa de Sub-19 do FC Porto está nos quartos de final da UEFA Youth League depois de receber e bater esta quarta-feira o Salzburgo (3-1), no Olival, em partida dos oitavos de final da prova. Diogo Bessa (22m), Diogo Leite (75m) e Kuku Fidelis (89m) apontaram os golos dos Dragões frente aos austríacos, atuais detentores do troféu. O adversário portista na próxima eliminatória será o Tottenham.

Na primeira de várias oportunidades de que dispuseram, os Dragões adiantaram-se no marcador por intermédio de Diogo Bessa, com assistência primorosa de Madi Queta (22m). Apesar da maior pressão austríaca, em jeito de reação à desvantagem, a equipa de João Brandão aguentou a diferença até ao intervalo.

O segundo tempo teve muito mais que se lhe diga, a começar pelo golo do empate do Salzburgo, atribuído a Sekou Koita quando o ressalto nas costas de Diogo Costa foi o pormenor mais decisivo do lance (68m). Os Dragões reagiram em força à igualdade e ganharam nova vantagem com um belo golpe de cabeça de Diogo Leite, após canto cobrado pelo capitão Paulo Estrela.

O jogo partiu-se a partir daqui e foram muitos os espaços que se abriram, mas foi de bem longe o golo que sentenciou a partida: Kuko Fidelis encheu o pé esquerdo e disparou um míssil à baliza de Bartłomiej Żynel, que nada pôde fazer perante a força e colocação do remate (89m).

“Foi uma vitória muito difícil, tal como era expectável, uma vez que defrontámos o atual detentor do troféu. É uma equipa muito poderosa fisicamente e com muita velocidade. Sabíamos que teríamos de ter um grande controlo emocional para conseguir vencer este jogo. Reagimos bem ao golo do empate e o nosso segundo golo deixou-nos mais tranquilos e confortáveis. Penso que, no cômputo geral, a vitória do FC Porto é mais do que justa”, afirmou o treinador João Brandão no final do encontro.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-Salzburgo, 3-1
UEFA Youth League, oitavos de final
21 de fevereiro de 2018
Centro de Treinos e Formação Desportiva, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Sandro Schärer (Suíça)
Assistentes: Bekim Zogaj e Jean-Yves Wicht (Suíça)
Quarto árbitro: João Matos (Portugal)

FC PORTO: Diogo Costa; Diogo Queirós, Pedro Justiniano, Diogo Leite e Diogo Bessa; Paulo Estrela (cap.), João Lameira e Afonso Sousa; Mamadu Lamba, Madi Queta e Santiago Irala
Substituições: Santiago Irala por Junior Maleck (71m), Madi Queta por Kuku Fidelis (79m) e Mamadu Lamba por Isah Musa (83m)
Não utilizados: Ricardo Silva, Cláudio Silva, João Mário e Vítor Ferreira
Treinador: João Brandão

Salzburgo: Bartłomiej Żynel; Julian Gölles, Mahamadou Dembele, Nico Gorzel (cap.) e Jusuf Gazibegović; Jungmin Kim, Dominik Szoboszlai e Philipp Sturm; Nicolas Meister, Romano Schmid e Dogbole Niangbo
Substituições: Dogbole Niangbo por Sekou Koita (55m), Romano Schmid por Matteo Meister (56m) e Philipp Sturm por Mohamed Camara (78m)
Não utilizados: Daniel Antosch, Lorenz Leskosek, Nemanja Zikic e Alexander Schmidt
Treinador: Gerhard Struber

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Diogo Bessa (22m), Koita (68m), Diogo Leite (75m), Kuku Fidelis (89m)

Disciplina: cartão amarelo a Romano Schmid (52m), Philipp Sturm (73m), Jusuf Gazibegović (80m), Kuku Fidelis (90m+1)

*in FCPorto

Comentários