PORTO: um clube de marcas históricas

arquivos-ficheiros

Não, não vou fazer uma lista com os recordes positivos que o Porto acumulou ao longo da sua história, mas antes dos factos inéditos a que estamos ligados, por interferência exterior.

Para começar vamos até 2009, quando a Comissão Disciplinar da Liga decidiu punir Lisandro López com um jogo de suspensão, por “ter simulado um penalti”. Então foi aplicado um artigo que estava em vigor desde 2007 mas nunca utilizado, e Lisandro foi castigado apesar de o árbitro ter assinalado penalti.

Um artigo em vigor desde 2007, e Lisandro foi o primeiro a ser castigado, já em 2009. Em 2010 Aimar também foi castigado por simular penalti, mas ao contrário de Lisandro, apenas apanhou uma multa.

Vamos agora até 1998, quando Paulinho Santos foi o primeiro jogador a ser castigado sem data de retorno. Castigado até que João Pinto, lesionado por uma cotovelada, regressasse aos campos. Neste caso não me recordo de castigo similar.

Avançamos no tempo e vamos até 2007, quando a Polícia de Segurança Pública impediu dois autocarros com adeptos do Porto de entrarem em Lisboa para irem ver um jogo de hóquei em patins. Sim leram bem, num país democrático, adeptos do Porto foram impedidos de entrar na capital do Império, obrigados a dar a volta ainda em Alverca. Curiosa foi a explicação dada aos adeptos portistas: “A polícia disse que não nos podia deixar passar por ordem do comandante e do Benfica”.

Já esta temporada mais dois factos inéditos: clube multado porque os adeptos disseram “lampião” e agora Brahimi castigado por ter dito algo que o 4º árbitro não percebeu.

E estes são apenas os que me lembro assim de repente.

Conclusão: Quando vejo uma papoila a falar de Apito Dourado, só me dá vontade de rir por saber de quão hipócrita é. Como se pode ver esta semana, estas 4 últimas temporadas, as papoilas não querem para nada saber de justiça. Querem é ganhar, e se for a roubar melhor ainda, que dá para fazer cachecóis a dizer #colinho e tshirts com a imagem da Mão de Vata. Para este ano podem fazer merchandising #voucher!

Comentários