O Início

“Porque farto do silêncio dos dirigentes do meu clube.
Porque farto das alarvidades dos adeptos dos outros clubes.
Porque farto de ter tanto para dizer e não ter onde.”

Começava assim o post de abertura do blog Tribunal das Antas, criado em Março de 2006. Hoje em dia acrescento: e farto dos assobios pipoqueiros, de quem parece não perceber que exigência não se coaduna com crítica fácil.

Após uma época em que os ataques aos nossos foram mais que muitos, ataques que galgaram fronteiras para o nosso lado da barricada, e em que assistimos a um desiquilíbrio arbitral sem precedentes, volto à escrita porque por vezes, sofrer não chega. É preciso vocalizar esse sofrimento, esse amor portista.

Um amor que começou num local muito específico, um local muito querido e lembrado – o Tribunal das Antas.

Fotografia do Antigo Estádio das Antes

Fotografia do Antigo Estádio das Antas a partir do Tribunal das Antas

Comentários