Luz apagada, azia generalizada

Não sendo 6 milhões, é verdade que ainda são o clube com mais adeptos, e estes estão por todo o lado. E isso vê-se facilmente nas crónicas que são feitas após os diferentes jogos. E o jogo de ontem não foi excepção.

Os que no ano passado valorizaram a eficácia das papoilas no Dragão, onde ganharam com um golo de um lançamento lateral, e com diversos falhanços do Porto, são agora os que fazem a análise pelo lado oposto. O dos falhanços.

Este é um belo exemplo da falta de seriedade, de pessoas que se apresentam como cronistas isentos. Custa muito eu sei, mas há muitos comprimidos para essa sensação.

Quanto ao jogo destaco Casillas, Danilo e Chidozie. O menino que não teve medo, nem dos mais melhores avançados do mundo, nem do “inferno”.

Os parabéns ainda para Peseiro, que preferiu manter Danilo no meio, onde se tem destacado como um dos jogadores em melhor forma do campeonato, apostando num puto da B para um jogo de intensidade máxima.

Sobre Casillas não há muito a dizer. O homem dos grandes jogos, que apesar de um ou outro lance infeliz em jogos passados, também nesses jogos já nos safou alguns pontos.

As notícias sobre a morte do Porto, eram claramente exageradas e espero que a equipa aproveite este resultado como alavanca para o resto do campeonato. A equipa e os ADEPTOS.

*foto Expresso

Comentários