Layún falou na importância de “limpar a cabeça”

Miguel Layún já olha para os próximos compromissos do FC Porto e referiu esta quinta-feira, na zona mista do Estádio do Dragão, que é importante “limpar a cabeça”, já no dia seguinte. Isto porque não há tempo para respirar no calendário dos Dragões, já que no domingo joga-se mais uma jornada da Liga NOS, no terreno do Belenenses, e, na quarta-feira, disputa-se a segunda mão da meia-final da Taça de Portugal, com o Gil Vicente. Quanto ao desafio com o Borussia Dortmund, o mexicano salientou que ele e os colegas “não deixaram de lutar” até ao “último minuto” pela vitória.

Layún não tem dúvidas em eleger a Liga portuguesa como a grande prioridade dos Dragões: “O jogo que se segue é muito importante e é fora. O Benfica e o Sporting não têm perdido pontos e nós temos de ganhar, porque se não o fizermos podemos despedir-nos também da luta pelo título”.

Nas duas partidas frente aos alemães, o mexicano alinhou como central e agradeceu ao treinador a “confiança” e a “fé depositada” no seu jogo. “Tento sempre fazer o melhor possível, em qualquer posição, com entrega, determinação e vontade de dar algo à equipa para conseguir a vitória. Infelizmente não tivemos sorte em concretizar algumas oportunidades”, declarou o defesa.

A maior parte das declarações foram dirigidas a um órgão de comunicação social do seu país, pelo que Layún falou da seleção nacional – “o mais importante é estar bem aqui, para fazer o melhor possível para que depois esteja nas convocatórias” – e reconheceu o apoio dos compatriotas nas redes sociais. “Têm tido um papel importante nesta temporada e desde que estou na Europa, com mensagens de alento. É bom abrir as redes sociais e ler mensagens de carinho. Não tenho como agradecer”, declarou.

*in FCPorto

Comentários