José Peseiro: “hoje deveríamos ter sido nós a vencer”

Reconhecendo que o Borussia Dortmund mereceu passar no conjunto da eliminatória, José Peseiro considerou que a exibição do FC Porto no jogo da segunda mão justificava outro resultado que não a derrota (0-1), ainda por cima tendo o golo dos germânicos surgido num lance irregular. O treinador dos azuis e brancos destacou a forma como a equipa acreditou e lutou “até ao fim”, não esquecendo o apoio dos adeptos, “que foram fantásticos”.

“Tenho de dar os parabéns à equipa e aos jogadores, que acreditaram até ao fim, tal como os nossos adeptos, que foram fantásticos na forma como nunca deixaram de nos apoiar. Parabéns também ao nosso adversário, que no cômputo geral da eliminatória mereceu passar, mas creio que este jogo éramos nós que merecíamos vencer. Sofremos um golo quando estávamos a dominar, na primeira transição ofensiva deles e ainda por cima em fora de jogo, e isso acabou por perturbar um pouco a equipa, dando maior conforto e tranquilidade ao nosso adversário. O empate talvez fosse um resultado mais justo, mas a vitória também nos assentaria bem por aquilo que fizemos. Merecíamos pelo menos o empate”, afirmou José Peseiro após o desafio com o Borussia Dortmund, no Estádio do Dragão, que ditou o afastamento do FC Porto das competições europeias na presente temporada.

Enaltecendo a “força anímica tremenda” demonstrada pela equipa mesmo em desvantagem, o treinador portista insistiu na injustiça do desfecho com que terminou o segundo duelo entre FC Porto e Borussia Dortmund. “Entrámos muito bem na segunda parte, com uma força anímica tremenda e, mesmo a perder 3-0 na eliminatória, lutámos, quisemos e criámos oportunidades de golo que não conseguimos concretizar. A equipa mostrou um grande caráter e abnegação, tal como os nossos adeptos, que estiveram sempre connosco. Acusámos algum desgaste na parte final e eles criaram-nos mais dificuldades, também porque procurámos chegar rápido ao ataque e por vezes precipitámo-nos. O Borussia Dortmund é uma grande equipa e no conjunto da eliminatória mereceu passar, mas hoje deveríamos ter sido nós a vencer”, prosseguiu José Peseiro.

Garantindo que escolheu os jogadores que entendeu serem “os melhores” para este jogo, o técnico dos Dragões apontou desde já ao desafio que se segue, marcado para domingo, às 19h15, no Estádio do Restelo, frente ao Belenenses. “Temos um plantel com qualidade e escolhi aqueles que entendi serem os melhores para este jogo. Além disso, tínhamos trunfos no banco para lançar. Foi um jogo intenso, no qual nunca nos entregámos e que nos fez gastar muita energia. Agora vamos procurar recuperar e começar a preparar o próximo jogo, que é muito importante na nossa luta no campeonato. Perder nunca é bom e sair desta competição nesta fase também não, mas neste jogo a nossa prestação foi melhor do que o resultado”, finalizou José Peseiro.

*in FCPorto

Comentários