“É o jogo da época, porque é o próximo” – Sérgio Conceição

sergio conceicao_pre_fcp_leipzig_311017_2

Esta quarta-feira, a partir das 19h45, no Estádio do Dragão, joga-se um decisivo FC Porto-Mónaco, ainda que o campeão francês já esteja matematicamente afastado das competições europeias. Na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões, o FC Porto procura a 13.ª passagem aos oitavos de final da prova e Sérgio Conceição não escondeu que esse é o objetivo maior no duelo com os monegascos, que considera um adversário difícil e de qualidade. O FC Porto entra para este jogo com os mesmos sete pontos que o Leipzig, mas tem vantagem no confronto direto com os alemães, que recebem o já apurado Besiktas na derradeira ronda.

Motivados e preparados
“O estado de espírito é o melhor possível. O jogo com o slb já faz parte do passado e estamos completamente focados no jogo de amanhã. Vamos defrontar um adversário difícil, com um treinador que considero estar no top-5 dos treinadores portugueses. Tem feito um trabalho fantástico, não só em Portugal, mas também em França. Sei do potencial do Leonardo Jardim e do Mónaco. É uma equipa jovem e com algumas diferenças em relação à época passada, mas tem muita qualidade individual. Espero um jogo difícil. A imprevisibilidade da equipa que o Mónaco irá apresentar obviamente que nos cria dúvidas, mas estamos identificados e somos conhecedores do potencial de cada jogador do plantel do Mónaco.”

Um FC Porto igual a si próprio
“Para vencermos, será necessário o FC Porto dos últimos quatro meses, à exceção do jogo frente ao Desportivo das Aves. Será necessário um FC Porto que acredita e que olha para o jogo como a nossa grande final. Gostamos de estar sempre no fio da navalha. No Campeonato, se perdemos pontos, temos os rivais à espreita. Estes jogos são determinantes e vamos entrar como sempre, com uma ambição enorme e uma vontade enorme de ganhar. Temos possibilidade de entrar no lote das melhores equipas da Europa. Depois do primeiro jogo, pouca gente acreditava no FC Porto, mas é fantástico podermos ser nós a definir o nosso próprio futuro. É sinal do grande trabalho que estes jogadores têm feito, mas isto ainda não acabou. Se me perguntarem se é o jogo da época, é porque é o próximo.”

Conscientes sim, ansiosos não
“Ao entrarem de manhã no Olival, os jogadores sentem o peso e a exigência de jogar no FC Porto. A forma como trabalhamos e o clube que representamos deixa claro o nosso dia-a-dia. Os jogadores do FC Porto estão conscientes da importância do jogo de amanhã, mas há três resultados possíveis. Independentemente do que aconteça, se colocarmos em campo as nossas características nestes quatro meses, vou dar-lhes os parabéns. Se por acaso não passarmos, isso não vai apagar o trajeto desta equipa. Não vale a pena haver ansiedade ou nervosismo e os jogadores têm consciência da história, mas também sabem que somos uma equipa forte, que pode ganhar o jogo de amanhã e passar aos oitavos de final.”

Honrar a história e seguir em frente
“Queremos muito continuar na Liga dos Campeões e esse é um sentimento comum a toda a gente que trabalha no FC Porto. Tenho um grupo com uma capacidade e espírito fantásticos. No início houve muita gente que desvalorizou a qualidade destes jogadores, mas somos uma equipa ainda invicta no Campeonato e temos um trajeto muito bom na Liga dos Campeões. Não é excelente porque não vencemos todos os jogos, mas tem sido muito bom e só dependemos de nós para passar à fase seguinte. Seria fantástico consegui-lo pela 13.ª vez num clube com muita história nesta competição.”

*in FCPorto

Comentários