Golo de Reyes foi o 700º do Porto no Dragão

festejo_golo_reyes_vs_maritimo(2)_181217

O cabeceamento para as redes de Diego Reyes, aos 19 minutos do FC Porto-Marítimo (3-1) desta segunda-feira, não só abriu caminho à vitória frente aos madeirenses como também representou o golo número 700 dos azuis e brancos em jogos oficiais no Dragão. Com o bis que se seguiu de Marega, são já 702 remates certeiros celebrados no estádio.

Foi também o primeiro golo apontado pelo mexicano ao serviço dos portistas. Reyes estreou-se pelo FC Porto a 19 de outubro de 2013, numa vitória por 1-0 frente ao Trofense, a contar para a Taça de Portugal. Esteve emprestado por duas temporadas, aos espanhóis da Real Sociedad e do Espanhol, mas soma já 35 partidas oficiais pelos azuis e brancos.

Reyes junta-se a outros nomes históricos nos números redondos dos golos apontados no Estádio do Dragão, em partidas oficiais: Maniche foi o autor do primeiro (2-0 à União de Leiria, a 7 fevereiro de 2004), Quaresma do 100.º (2-0 ao Boavista, a 2 de dezembro de 2006), Bruno Alves do 200.º (1-0 ao Nacional, a 10 de maio de 2009), Otamendi do 300.º (3-1 ao CSKA Sofia, a 15 de dezembro de 2010), James Rodríguez do 400.º (2-0 ao Sporting, a 7 de outubro de 2012), Jackson Martínez do 500.º (2-0 ao Marítimo, a 15 de agosto de 2014) e Herrera do 600.º (4-0 ao Nacional, a 17 de abril de 2016).

O marcador continua a contar rumo ao golo 800 e tem acelerado no Dragão: em cerca de meia época, já foram marcados 42 golos, o mesmo número que em toda a temporada 2015/16 e a apenas 11 golos do que foi atingido em 2016/17. O máximo foi registado em 2010/11: 80 golos.

*in FCPorto

Comentários