“Temos fome de títulos” – Sérgio Conceição

sergio-conceicao-conferencia-imprensa

Líder da Liga Nos, com presença garantida nos oitavos de final da Liga dos Campeões e nos “quartos” da Taça de Portugal, o FC Porto quer chegar a 2018 também vivo na Taça da Liga, a competição que pode valer o primeiro troféu do novo ano civil. Sérgio Conceição não esconde a ambição enorme que reina entre o plantel, que garante estar preparado para ganhar o jogo deste sábado (20h15) frente ao Paços de Ferreira, no Estádio Capital do Móvel, e depender de si próprio para marcar presença na Final Four da Taça da Liga, agendada para o fim de janeiro no Estádio Municipal de Braga.

Dificuldades em perspetiva
“Vamos encontrar um adversário que também tem possibilidades de passar à final four. Contamos por isso com um jogo difícil, mas isso não é diferente de todos os outros que já fizemos, e estamos a prepará-lo da melhor para poder ganhá-lo e dependermos só de nós para estarmos presentes na meia-final da Taça da Liga.”

As miniférias necessárias
“Vocês sabem que sou muito rigoroso e exigente com tudo o que envolve a equipa. Nós achámos que era benéfico para a equipa ter alguns dias de descanso e este era o único período possível. Às vezes, dizemos que o melhor treino é não treinar e aqui aplica-se isso. Foram cinco meses muito exigentes, com muitos jogos e agora vamos entrar noutro ciclo muito importante, também com muitos jogos e temos que gerir muito bem essa situação.”

Um grande ambição
“Fizemos quatro unidades de treino, suficientes para prepararmos a estratégia de acordo com os nos princípios, para nos apresentarmos na melhor forma e fazer tudo para ganhar o jogo, porque nos permitirá estar presentes nessa meia-final e assim ficar mais perto de ganhar um título já em janeiro. Queremos muito ganhar, há uma ambição grande, há uma fome grande de títulos e esse envolvimento é inequívoco da parte de todo o grupo.”

Um raio X à primeira metade da época
“Estamos na Liga dos Campeões, estamos na Taça de Portugal, estamos bem no campeonato, mais ainda não ganhámos nada ainda.”

Mar Azul na Mata Real
“Quando passamos alguns dias longe da família, ficamos com muita vontade de a rever e aqui passa-se a mesma coisa, nós com o público e o público com a equipa. Essa grande cumplicidade entre os adeptos e a equipa faz com que esta procura pela conquista de uma Taça da Liga seja por demais evidente. Fico muito contente por isso, porque a nossa força também vem de fora e nós com essa força seremos com certeza mais fortes.”

*in FCPorto

Comentários