“É um privilégio estar aqui a jogar” – Thomas Tuchel espera um Porto “muito corajoso”

É um Borussia Dortmund fiel aos seus princípios de jogo, mas preparado para um FC Porto com outro tipo de iniciativa de jogo, que chega ao Estádio do Dragão para a partida de quinta-feira, às 20h05, referente à segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Foram estas, de resto, as palavras do treinador Thomas Tuchel, em conferência de imprensa realizada esta quarta-feira, durante a qual assumiu que espera uma equipa azul e branca corajosa e apoiada por “um grande público”, enquanto reiterou o prazer em treinar os alemães em jogos desta envergadura, nomeadamente num estádio como o Dragão.

“Queremos passar, mas esperamos que o resultado seja consequência de termos jogado o nosso futebol. Esperamos um FC Porto na máxima força, com o regresso de alguns jogadores, mas mais uma vez não queremos jogar a pensar no resultado. Queremos um resultado favorável e vamos encarar o jogo como se estivesse 0-0. O FC Porto tem um grande público a apoiá-lo, é um privilégio estar aqui a jogar, numa competição em que encontramos algumas das maiores equipas da Europa, e estamos confiantes de que vamos fazer um grande jogo. É um prazer dirigir esta equipa no ambiente do Estádio do Dragão”, disse o técnico do Borussia Dortmund, de sobreaviso por saber que o conjunto alemão perdeu sempre que jogou em Portugal.

Assumindo que a sua equipa quererá ter “a iniciativa do jogo” e que será um jogo de parada e resposta, em que as equipas farão por ter a posse da bola, Tuchel disse esperar um FC Porto “muito corajoso e na melhor forma”: “Sabemos que o FC Porto gosta deste tipo de jogos, de grande envergadura, pois na liga portuguesa não está habituado a isto, visto que é um campeonato relativamente desequilibrado. Sabemos que vai entrar em campo com toda a vontade para mudar a eliminatória e é para isso que temos de estar preparados”.

Já Sven Bender, que renovou recentemente contrato com o Borussia Dortmund por cinco anos e é candidato à vaga deixada livre pelo defesa Sokratis (que se lesionou na última partida para a Bundesliga), admitiu que será um jogo bem diferente daquele que foi disputado no Westfalenstadion, mas referiu que os alemães encaram os jogos todos da mesma forma: “Entramos em campo para jogar o nosso jogo, porque só dessa forma é que podemos ganhar jogos e passar para a próxima fase. Será um encontro de tudo ou nada para o FC Porto, que parte em desvantagem, pelo que temos de estar preparados para encontrar um FC Porto mais ofensivo”.

*in FCPorto

Comentários