“Acreditamos que é possível dar a volta à eliminatória” – José Peseiro

A tarefa do FC Porto nos 16 avos de final da Liga Europa está muito longe de ser fácil e José Peseiro reconheceu-o, mas para o treinador portista “não há impossíveis” no futebol. A perder por 2-0 no intervalo da eliminatória com o Borussia Dortmund, José Peseiro manifestou total confiança no “potencial” dos jogadores e na “ambição” que estes têm em recuperar novamente de uma desvantagem de dois golos, à semelhança do que aconteceu frente ao Moreirense (3-2). Entre elogios naturais à valia e qualidade do Borussia Dortmund, atual vice-líder da Liga alemã, José Peseiro espera um FC Porto mais dominador e ofensivo no jogo da segunda mão, mas sem que isso coloque em causa o equilíbrio da equipa.

“A principal confiança que temos é em nós próprios. Acreditamos no potencial dos nossos jogadores e temos 90 minutos para recuperar de uma desvantagem de dois golos, sendo que no último jogo conseguimos fazê-lo em 50. São adversários diferentes, com potencial diferente, mas acreditamos em nós. Sabemos que é difícil, mas temos potencial, ambição e acreditamos que é possível dar a volta à eliminatória. Queremos defender todos e bem e atacar todos e bem, mas só se pode ganhar ao Borussia Dortmund com superação individual e coletiva. Temos de estar nos limites, até porque eles vêm jogar aqui com uma motivação tremenda. Sabemos da força do adversário, mas também sabemos da nossa força, sendo importante mantermo-nos equilibrados no processo defensivo e ofensivo”, afirmou José Peseiro, no Estádio do Dragão, pouco depois de orientar a derradeira sessão de trabalho antes do segundo embate com o Borussia Dortmund, marcado para esta quinta-feira, às 20h05, com transmissão em direto na SIC.

Puxando uma vez mais pela qualidade do plantel que orienta, José Peseiro pediu inteligência e paciência aos seus jogadores, apelando também ao apoio dos adeptos. “Sabemos da força do adversário e que o resultado neste momento não nos é favorável, mas também sabemos o que queremos fazer. Queremos ser afirmativos e mais ofensivos, sobretudo porque jogamos em casa e contamos com o apoio dos nossos adeptos. Queremos ter mais bola, atacar mais e destabilizar mais o nosso adversário, sabendo que temos de ser inteligentes, equilibrados e pacientes. Queremos ganhar o jogo nos 90 minutos e passar a eliminatória com o nosso potencial, qualidade e organização, mas também com paciência, pois não queremos sofrer golos. Vamos defrontar uma equipa forte, mas não vamos ter medo e procuraremos estar mais equilibrados”, prosseguiu o técnico.

Muito claro no momento de definir os objetivos que pretende alcançar como treinador do FC Porto, José Peseiro reiterou que todos acreditam na reviravolta nesta eliminatória. “Sonho em conseguir títulos neste clube e é nossa obrigação tentar vencer todos os jogos que disputamos, seja qual for o adversário. Sabemos que a tarefa é difícil, mas vamos lutar até ao fim. Se estivessem aqui todos os jogadores a falar, eles diriam que têm uma grande vontade em dar a volta à eliminatória, e no futebol não há impossíveis. É muito difícil, mas acreditamos que é possível e lutaremos até ao fim. Os meus jogadores fazem-me acreditar que é possível. A derrota deixou-nos tristes e isso é um sinal de que sabemos que podemos fazer mais”, finalizou o treinador dos Dragões.

*in FCPorto

Comentários